segunda-feira, 27 de junho de 2011

CECÍLIA MEIRELES

Deve existir nos homens um sentimento profundo que corresponde
a essa palavra LIBERDADE, pois sobre ela se têm escrito poemas
e hinos, a ela se tem até morrido com alegria e felicidade. (...) Ser
livre – como diria o famoso conselheiro... – é não ser escravo; é
agir segundo a nossa cabeça e o nosso coração, mesmo tendo que
partir esse coração e essa cabeça para encontrar um caminho...
Enfim, ser livre é ser responsável, é repudiar a condição de
autônomo e de teleguiado – é proclamar o triunfo luminoso do
espírito. (...) Ser livre é ir mais além: é buscar outro espaço, outras
dimensões, é ampliar a órbita da vida. É não estar acorrentado. É
não viver obrigatoriamente entre quatro paredes. (MEIRELES,
Cecília. 1966: 28)

domingo, 19 de junho de 2011

COMO AS CRIANÇAS APRENDEM ???

AS CRIANÇAS APRENDEM O QUE VIVEM

Se a criança vive com críticas,
Ela aprende a condenar
Se a criança vive com hostilidade,
Ela aprende a agredir.
Se a criança vive com zombarias,
Ela aprende a ser tímida.
Se a criança vive com humilhação,
Ela aprende a se sentir culpada.
Se a criança vive com tolerância,
Ela aprende a ser paciente.
Se a criança vive com incentivo,
Ela aprende a ser confiante.
Se a criança vive com elogios,
Ela aprende a apreciar.
Se a criança vive com retidão,
Ela aprende a ser justa.
Se a criança vive com segurança,
Ela aprende a ter fé.
Se a criança vive com aprovação,
Ela aprende a gostar de si mesma.
Se a criança vive com aceitação e amizade.
Ela aprende a encontrar amor no mundo.
Dorothy Low Nolte

sexta-feira, 10 de junho de 2011

AULA ,TEMA :CORRUPÇÂO

CORRUPÇÂO




Autor : Ivanete Nunes de Oliveira PAULO JACINTO - AL ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA FONTAN




Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema



Ensino Médio Língua Portuguesa Recursos lingüísticos em uso: fonológicos, morfológicos, sintáticos e lexicais



O que o aluno poderá aprender com esta aula ?


Noções de ética,,cidadania,produção de textos,formar opinião,argumentar enfim,dissertar


Duração das atividades :

Uma sequência de 4 aulas




Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno :

Verificar quais os conhecimentos prévios que o aluno já possui sobre corrupção ,as reportagens que a mídia veicula,outros exemplos.


Estratégias e recursos da aula :


-Sensibilização,

Textos da revista Mundo jovem,

-Estudo dirigido sobre os textos,

-Comentários,

-Exposição do Vídeo da CGU -Controladoria geral da União,

-Reflexão e questionamento,

-Produção -redação dissertativa ,

-Seleção e comentários –correção.



Recursos Complementares :



Vídeo da CGU,
Revista Mundo Jovem


Avaliação :

Observação, Participação, Produção das dissertações, Opinião de quem acessou reportagens sobre corrupção.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

POEMA CRIADO POR ALUNOS DO 2ºANO DO ENSINO MÈDIO

PoEMa :O CARTEIRO E O POETA

Poema (o carteiro e o poeta)

O carteiro perguntou
Como se faz poesia?
O poeta respondeu:
Faz com metáforas e muita alegria

Se quer ser poeta
Comesse a pensar
Não fique parado
Esperando palavra passar.

Quando se começa a pensar
As palavras vão pra lá e para cá
Como num barco tremendo
As palavras vão aparecendo.

POEMA : DIVA (de Josè de Alencar)

Diva- José de Alencar

Diva um romance urbano
Seu amor encontrou
Augusto era médico
E sua vida salvou.

Emília declarou também amar
Mais augusto Diva já queria
Augusto ficou confuso
Com qual das duas ficaria.

Augusto se declara
Emília diz não mas o amor
Por fim augusto seu amor renega
E diz que com Diva vou ficar.

Eram heróis perfeitos
Um obstáculo para o amor
Emília ainda triste
Pois seu amor não encontrou.

Chegou então
A declaração final
E seu amor encontrou
Viveu por muitos anos
E sempre a sua família se dedicou.

Poema :LUCÍOLA (do livro LUCìOLA de JOSÉ de Alencar)

POEMA LUCÍOLA
Olá meus amiguinhos
Estamos aqui para falar
A história de dois jovens
Que estão prestes a se apaixonar.

Lucíola uma viciada em sexo
Só queria namorar
Fazia com qualquer um
Que aparecia por lá.

Paulo um rapaz direito
Sua casa foi visitar
Chegando lá ele logo se deparou
Com Lucíola nua na cama
O moço não resistiu e se entregou.

Desse dia em diante
Por ela ele se apaixonou
Mais com sua profissão vulgar
A todos ela se entregou.

Por muito tempo ela
Escondeu um segredo
Que só ela sabia seu nome era
Mª da Glória mais ela não usava por conta da freguesia.

O surto de febre amarela
Naquela época se espalhou
Por falta de cuidado sua irmã se infectou.

Quando seu pai descobriu
Sua profissão rotineira
Ele se precipitou e aos
14 anos de cada a expulsou.

Lucíola resolveu então largar
A profissão só queria
Saber de Paulo que morava
Em seu coração.

Como ela era Jovem
Numa noite de amor
De Paulo ela engravidou.

Por conta de uma doença
Ela não quis abortar e um dia
Paulo se surpreendeu pois
O amor de sua vida faleceu.

Obrigado pela atenção de todos
Pois acabamos de recordar a história
De Lucíola e Paulo que é espetacular.

domingo, 5 de junho de 2011

SALVE O MEIO AMBIENTE---XOTE ECOLÓGICO : QUE DENÚNCIA !!!

PLANO DE CURSO -ENSINO MÉDIO

Plano de CURSO – Primeiro ano do Ensino Médio – Língua Portuguesa .
- Identificação: Ivanete Nunes de Oliveira
-Curso: Especialização em Mídias na Educação
-Disciplina: Língua Portuguesa
-Carga Horária Total Mínina : 200 horas
-Período :2011
-Professora: Ivanete
-Ementa:
Fonologia – Linguagem e Comunicação . A linguagem Literária – Ortografia – Funções da Linguagem – Quinhentismo - Acentuação gráfica – Intextualidade - Barroco - Estrutura e Formação das palavras – Coesão e coerências- Arcadismo.
-Conteúdo da Unidade I
- Fonologia
-Lingua e Linguagem
-Arte Literária
-Ortografia
-Nivéis de Linguagem (Funções da Linguagem)
-Quinhentismo
- Conteúdos da Unidades II
- Acentuação gráfica (com a Reforma Ortográfica )
- Intextualidade (as várias vozes presentes no texto)
- O barroco
- Estrutura e Formação das palavras
-Coerência e coesão
-O Arcadismo em Portugal e no Brasil
-Objetivos:
-Conhecer e utilizaro Blog na Educação,podendo enriquecer as aulas, visto que é uma ferramenta com potencial para reinventar o fazer pedagigico.
-Possibilitar a organização de conteúdos e comentários .
-Permitir e estabelecer a interação entre alunos/professores e diferentes tecnologias .
-Metodologia:
-( como sou professora da Lingua Portuguesa e tenho um Blog, posso utilizá-lo
Em minhas aulas, a fim de que os alunos possam postar seus textos, links de sites relacionados ao tema e sugestões de atividades ao tema e sugestões de atividades pedagogias utizando as TICs em sala de aula.Os colegas professores poderão fazer pesquisas e opinar sobre os textos dos alunos .
-Avalição:
-Produção de Textos ( redação)
-Pesquisa
-Provas e teste (individuais /coletivos)
-Seminários
-Observação
Referências:
TERRA. Ernani – Português de olho do mundo do trabalho: Volume único/São Paulo – Scipione,2004.
CEREJA,Wilian Roberto.Português : Linguagem:Volume único/ Tereza cochar Magalhães -São Paulo : Atual ,2003

Aula :MESTRES DA LITERATURA

sábado, 4 de setembro de 2010
Aula publicada no Portal do Professor MEC
Mestres da Literatura


Autor e Co-autor(es)

Autor Ivanete Nunes de Oliveira PAULO JACINTO - AL ESCOLA ESTADUAL JOSE CORREIA FONTAN

Estrutura Curricular

Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema

Ensino Médio Língua Portuguesa Produção, leitura, análise e reflexão sobre linguagens

Ensino Médio Literatura Literatura brasileira, clássica e contemporânea: criações poéticas, dramáticas e ficcionais da cultura letrada

Ensino Médio Língua Portuguesa Relações sociopragmáticas e discursivas

Ensino Médio Literatura Estudos literários: análise e reflexão

Ensino Médio Língua Portuguesa Gêneros discursivos: narrativo, argumentativo, descritivo, injuntivo, dialogal

Dados da Aula

O que o aluno poderá aprender com esta aula

Aquisição de cultura de outras gerações; Reflexão e questionamento, uma vez que os romances Machadianos são psicológicos; Gosto pela leitura, que nos faz refletir, viajar...

Duração das atividades

Uma seqüência de 6 aulas.



Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno



Estratégias e recursos da aula

DVD – disponível na Escola Estadual José Correia Fontan



Mestres da Literatura

- Machado de Assis: um mestre na periferia. Documentário – 30min.

- Ensino Médio



Justificativa:

Neste ano de 2008 Machado de Assis é homenageado pelo centenário de sua morte. No documentário é descrita a biografia, bibliografia, cenas de alguns de seus romances e comentários de alguns críticos sobre o maior escritor brasileiro até a atualidade.



Objetivos:

Ampliar a capacidade literária através de diversas leituras audio-visuais.

Perceber no documentário a biografia, bibliografia, o perfil literário, depoimentos de alguns críticos sobre o referido autor e Cenas de Dom Casmurro e Memórias Póstumas de Brás Cubas.



OBS.: Antes de expor o vídeo obedeci às seguintes possibilidades, de acordo com a perspectivas de José Manoel Móran:

Leitura Funcional (escolha de algumas funções ou tarefas para os alunos desenvolverem após assistirem o documentário).

Foram Tarefas Opcionais:

Resumo do documentário;

Anotação das palavras chaves;

Caracterizar personagens;

Reconhecer os recursos sonoros utilizados;

Fazer um relatório sobre o assunto;

Identificar a relação entre som e imagem;



Exposição do Vídeo:Documentário Machado de Assis: um mestre na periferia. (30 min).

OBS.: Após exibição do vídeo:



Leitura Concentrada (utilização de inferências- reflexão e questionamentos implícitos):

O que lhe chamou mais atenção neste documentário? A imagem? O som? A música de Capitu? Ou as palavras?

Que relação a Música “Capitu”, de Zélia Duncan, tem a ver com o romance?

Quais as cenas mais importantes? Por que?

Que relação pode ser estabelecida entre o que vocês assistiram e a nossa vida?



Leitura Globalizante

Quais os aspectos positivos ou negativos no documentário?

Quais as idéias principais?

O que vocês mudariam?

O que vocês acrescentariam hoje?



Análise da forma e do conteúdo

Como é feito esse documentário? O que lhes chamou a atenção visualmente?

O que destacaria nos diálogos, na crítica e nas músicas?

Como são apresentados a justiça, o trabalho, o amor, o mundo e a cultura passada?

Que valores são afirmados e quais são negados pelo programa?





Recursos Complementares

Vídeo – Documentário : Mestres da Literatura (DVD TV-Escola n° 18); Cópia da Música “Capitu”, de Zélia Duncan; Livros: Dom Casmurro, Memórias Póstumas de Brás Cubas; Contos: Um apólogo e A Cartomante.

Avaliação

Avaliação Para avaliar a aprendizagem e a visão crítica sobre o documentário, pedir aos alunos que façam dramatizações, poesias, cordéis e um júri para responder ao questionamento: Capitu traiu ou não traiu? Também analisar as tarefas da leitura funcional. Opinião de quem acessou

HINO OFICIAL DE MINHA CIDADE :PAULO JACINTO AL

HINO OFICIAL DE PAULO JACINTO
Letra e Música: Maria Luiza Torres Barbosa


Tu és pequenina, tu és formosa
Paulo Jacinto,
Teus filhos vibrantes cantam
Avante com o Brasil


És modesta entre as cidades
De Alagoas e dos Marechais
Paulo Jacinto cresce
Pelo Brasil avante


És grandeza exuberante
Dos teus filhos representantes
Paulo Jacinto cresce
Pelo Brasil avante








Interpretação do Hino Oficial de Paulo Jacinto

I – Observe os adjetivos que existem no texto:
a) Os significados que eles contêm são positivos ou negativos?

b) Por que a autora escolheu adjetivos com esse tipo de significados?

II – Responda:
a) O verso 1 da 1ª estrofe contrasta com o verso 1 da 3ª estrofe. Que significado tem esse Paradoxo?

III – Todo o Hino serve para enaltecer a nossa cidade? Comente.

IV – “Avante” é uma interjeição. Qual o significado ou sentimento que ela expressa?

5º) Explique o 2º verso “ de Alagoas e dos Marechais” da 2ª estrofe.

6º) “ Avante com o Brasil” e “ avante pelo Brasil”. Possuem o mesmo significado?

7º) Identifique a figura de Linguagem (que há no texto).

(Estudo do texto:Ivanete Nunes de Oliveira)

MÍDIAS: Programa de Rádio

Atividade : Pré – Produção de programa
Turma : B
TEMA: O Sonhador
O menino João era um garoto muito sonhador. A cada noite, bastava serrar os olhos, sonhos sinistros povoavam-lhe a mente. Os portais do seu inconsciente eram aguçados por incríveis batalhas, guerreiros valentes e terríveis criaturas.
Vejamos mais um dos sonhos de João...

(trilhas/efeitos/ ruídos) Locução
(locutores/vozes de personagens)
Vinheta de abertura
- Som de galope de cavalos;
- Música “Cavalgada das Valquírias”, de Ígor Stravinsky; Locutor: Naquela madrugada João dormia profundamente, o sonho dos anjos... Sonhando que era um valente guerreiro...
- Som metálico de espadas se batendo;
- Gritos abafados ao fundo como se fosse uma batalha; João (gritando): Rendam-se, seus ordinários, ou lhes farei em pedaços com minha espada!
- Som de espadas e gritos abafados diminuem a intensidade, mas o som de galope de cavalos continua; João (exultante): Não adianta fugir, seu miserável!Infeliz! Rasputin!!!! Você está encurralado por João, o Terrível!!! (gargalhadas)
- Som de galope de cavalos mistura-se com o som de batidas na porta;
- Música diminui e encerra; Rasputin (desafiador): Ainda não será desta vez! Tome isto! Isto! E mais isto!
- Apenas batidas na porta (cada vez mais fortes); João (gaguejando): Como?! Como ousas se virar contra mim, seu reles bandido!?!
- Param as batidas; Mãe do João (falando alto): João, meu filho, acorde! Você vai se atrasar para a escola.
- Vinheta para acordar (uma buzina: “fom, fom, fom !!!!” João (sonolento): Ah! Já vou mãe! (bocejo).
Mãe do João: Vamos, meu filho! Seu amigo Zeca já chegou e está na porta te esperando!
João (mais alto): Estou indo!!!
(em voz baixa para si mesmo): Mais uma vez você escapou, maldito Rasputin!
- Som de porta se abrindo Zeca: E aí, cara ? Não vai levantar não?
- Som da Música “ João e Maria “ sivuca. João: oh rapaz tudo estava acontecendo como num set de filmagem... Eu enfrentava os batalhões, os alemães e seus canhões. Eu era o terrível... o temível... e agora tenho que enfrentar a vida. Vamos! Vamos prá aula Zeca.