terça-feira, 17 de abril de 2012

DO BLOG : MÍDIAS NA EDUCAÇÂO




  RETIRADO DO BLOG: MÌDIAS NA EDUCAÇÂO
 
 



Posted: 16 Apr 2012 07:45 AM PDT
UM RESUMO SOBRE WEBQUEST
Organizado por Joanirse Ortiz

O QUE É?
WebQuest é uma metodologia de pesquisa na internet, voltada para o processo educacional, estimulando a pesquisa e o pensamento crítico.
Parte da definição de um tema e objetivos por parte do professor, uma pesquisa inicial e disponibilização de links selecionados acerca do assunto, para consulta orientada dos alunos. Estes devem ter uma tarefa, exequível e interessante, que norteie a pesquisa.

QUAL SUA ORIGEM?
A metodologia de trabalho denominada WebQuest foi proposta pelo professor Bernie Dodge, da San Diego State University (EUA), em 1995.

OBJETIVOS
- Modernizar modos de fazer educação
- Garantir acesso a informações autênticas e atualizadas
- Promover aprendizagem cooperativa
- Desenvolver habilidades cognitivas
- Transformar ativamente informações (em vez de apenas reproduzi-las)
- Incentivar criatividade
- Favorecer o trabalho de autoria dos professores
- Favorecer o compartilhar de saberes pedagógicos

CAPACIDADES DESENVOLVIDAS
Entre outras:
- Comparar, identificar, estabelecer diferenças e semelhanças;
- Classificar
- Induzir
- Deduzir
- Analisar erros
- Construir
- Abstrair
- Analisar perspectivas

TIPOS
Webquest curta - leva de uma a três aulas para ser explorada pelos alunos e tem como objetivo a aquisição e integração de conhecimentos.
Webquest longa - leva de uma semana a um mês para ser explorada pelos alunos, em sala de aula, e tem como objetivo a extensão e o refinamento de conhecimentos.

COMPONENTES
De maneira geral são sete componentes:
- Introdução: é um texto curto que orienta os alunos sobre o que eles vão encontrar e estimula o interesse pela atividade.
- Tarefa: descreve que “produto” se espera dos alunos ao final da WebQuest e que ferramentas devem ser utilizadas para elaborá-lo. De acordo com a taxonomia de Tarefas, proposta por Dodge (2002), divide-se doze categorias. São elas: tarefas científicas, tarefas de julgamento, tarefas analíticas, tarefas de autoconhecimento, tarefas de persuasão, tarefas de construção de consenso, tarefas de produtos criativos, tarefas de planejamento, tarefas jornalísticas, tarefas de mistério, tarefas de compilação e tarefas de recontar.
- Processo: apresenta os passos que os alunos deverão percorrer para desenvolver a tarefa dada. Quanto mais detalhado melhor.
- Recursos: é composto por uma série de páginas da web previamente selecionadas pelo professor. Costumam fazer parte da seção Processo, mas também podem constituir uma seção separada. Podem estar fora da web (livros, revistas, jornais, etc.).
- Avaliação: nela o aluno é orientado sobre como será avaliado o produto final.
- Conclusão: tem a finalidade de resumir os assuntos explorados e os objetivos supostamente atingidos. É um espaço para incentivar o aluno a continuar refletindo sobre o assunto.
- Créditos: é o espaço destinado para citar as pessoas que colaboraram (autores) na elaboração da WebQuest. Deve apresentar, também, as fontes de todos os materiais utilizados.

COMO ELABORAR
1º) Defina o tema: escolha um tema que faça parte do currículo. Pense num assunto para o qual você possa dar uma abordagem interessante e cujo desenvolvimento possa melhorar suas aulas.
2º) Selecione as fontes:
- faça uma seleção inicial de sites e páginas
- reavalie a seleção e fique com os melhores e mais adequados
- avalie a conveniência de utilizar outro tipo de fonte: livros, revistas, artigos, discos, vídeos etc
- defina a lista final de recursos online e offline a ser usada pelos alunos na realização da Tarefa
3º) Delineie a tarefa: a tarefa é a alma da WebQuest.
- examine Tarefas de boas WebQuest
- determine uma Tarefa que seja realizável e plausível
- dê asas à imaginação: arrisque algo diferente da sua rotina didática
- troque ideias com seus colegas, peça a opinião deles
4º) Estruture o Processo e os Recursos: o Processo é uma espécie de receita, indicando passo a passo a direção que os alunos deverão seguir. Convém:
- especificar expectativas quanto ao trabalho do grupo
- definir papéis dos componentes do grupo quando for o caso
- estabelecer os passos a serem seguidos no estudo das fontes (Recursos) e na elaboração do produto ou produtos resultantes da Tarefa
5º) Escreva a introdução: o texto da Introdução deve ser direto, instigante, envolvente, motivante. Seja direto. Use linguagem clara e compreensível.
6º) Escreva a conclusão: a conclusão deve ser clara, breve e simples. Entretanto, ela tem o papel de promover a reflexão sobre o que foi visto e incentivar a continuidade do trabalho.
7º) Finalize a primeira versão: sua WebQuest está praticamente pronta. Basta agora revisar texto, escolher uma ou outra imagem para embelezar a sua obra, etc.
8º) Montagem do conteúdo no espaço a ela reservado: nessa etapa, deve ser feita a formatação do conteúdo planejado no lugar a ele destinado. Pode ser em um site específico para criação de WebQuest, em um editor de HTML, em um blog, etc.
9º) Revise sua WebQuest e faça os ajustes finais: antes de considerar pronto o seu trabalho, convém testá-lo de alguma forma.
- revise todo o conteúdo
- revise o texto
- se possível, teste a sua WQ com um grupo de alunos e peça a colegas que avaliem a mesma
10º) Publique a WebQuest: Depois que a sua WebQuest estiver pronta, revisada, testada e finalizada, é preciso colocá-la no ar, isto é, publicá-la na internet.

RECURSOS DE PRODUÇÃO/PUBLICAÇÃO
Entre os diversos espaços disponíveis para criação/publicação de WebQuests citamos:
- Sites específicos para criação de WebQuests:
Webquest Brasil (http://www.webquestbrasil.org/criador2/)
Zunal (http://zunal.com/) em inglês
1,2,3 Tu WebQuest (http://www.aula21.net/Wqfacil/webquest.htm) em espanhol
Aprendaki (http://www.aprendaki.net/webquest/)
- Outros:
Blogspot (http://www.blogger.com/) Sugestão criar páginas
Google Sites (https://sites.google.com/)
Editores de HTML
etc.

ENDEREÇOS COM EXEMPLOS DE WEBQUESTs
http://www.webquestbrasil.org/criador/
http://www.webquestbrasil.org/criador2/
http://webquest.sp.senac.br/busca/resultado.html?area=Educa%E7%E3o
http://www.webquestfacil.com.br/
http://www.aprendaki.net/webquest/index.php

REFERÊNCIAS:
Senac São Paulo. Senac Webquest. Disponível em: <http://webquest.sp.senac.br/>. Acesso em: 05 abr. 2012.

Escola do Futuro - USP . Webquest – Aprendendo na internet. Disponível em:<http://web.archive.org/web/20070609114612/http://www.webquest.futuro.usp.br/index.html>. Acesso em: 05 abr. 2012.

BARROS, Gílian Cristina. Tessituras em rede: possibilidades de interação e pesquisa a partir de webquests de álgebra. Disponível em: <http://www.ppge.ufpr.br/teses/M09_barros.pdf>. Acesso em: 05 abr. 2012.
https://blogger.googleusercontent.com/tracker/845630474767426005-7952234507338251402?l=midiasnaeducacao-joanirse.blogspot.com
http://feeds.feedburner.com/%7Er/midiasnaeducacao/%7E4/zmwORok5ZO8?utm_source=feedburner&utm_medium=email

Nenhum comentário:

Postar um comentário