sábado, 30 de agosto de 2014

O QUE SERIA DE NOSSA VIDA SE NÂO TIVÉSSEMOS O DIREITO DE LER ?





ELE PÕE EM DISCUSSÃO POR MEIO DE UMA FÁBULA QUE OCORRE NUM FUTURO HIPOTÉTICO:

NESTA HISTÒRIA, OS LIVROS E TODA FORMA DE ESCRITA SÃO PROIBIDOS POR UM REGIME TOTALITÁRIO, SOB O ARGUMENTO DE QUE FAZEM AS PESSOAS INFELIZES E IMPRODUTIVAS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário