quinta-feira, 13 de outubro de 2016

HOMENAGENS AO POFESSOR: EU SEMPRE EU

"Enriqueço na solidão: fico inteligente, graciosa e não esta feia ressentida que me olha do fundo do espelho. Ouço duzentas e noventa e nove vezes o mesmo disco, lembro poesias, dou piruetas, sonho, invento, abro todos os portões e quando vejo a alegria está instalada em mim."
.Lygia Fagundes Telles, no livro “As meninas”. São Paulo: Companhia das Letras, 200

Nenhum comentário:

Postar um comentário